11 janeiro 2015

Resenha: Belo Casamento



Autora: Jamie Mcguire
Editora: Record - Verus
Páginas: 125
Assunto/ Categoria: Romance, Spin-Off, Maddox, Ficção Americana, New Adult
Sinopse: A louca e viciante história de amor de Travis e Abby foi narrada por ela em Belo desastre e por ele em Desastre iminente. Como num conto de fadas moderno, sabemos que eles se casaram e foram felizes para sempre... mas quanto realmente conhecemos dessa história?
Por que Abby fez o pedido de casamento?
Que confidências eles trocaram antes da cerimônia?
Onde passaram a noite de núpcias?
Quem sabia que eles iam se casar e guardou segredo?
Todos os detalhes sobre o casamento de Travis e Abby eram secretos... até agora. Os fãs do casal mais quente da literatura terão todas as suas perguntas respondidas nesta história vertiginosa sobre o dia (e a noite...) do casamento de Travis e Abby e o melhor, contada pelo ponto de vista dos dois!





   Falar sobre Belo Casamento é especial. É uma enorme felicidade. Porque desde Belo Desastre, lido pouco antes do início deste blog, sou completamente apaixonada por Travis e Abby. Cada espera pelos livros que se seguiram ao primeiro, cada nova emoção... tudo isso mexe muito comigo, porque a história é uma das minhas favoritas. E o amor que tenho por ela é especial. Definitivamente, não é só mais um favorito. O principal motivo para eu gostar tanto é a imperfeição. Pode soar estranho, mas para mim faz todo o sentido. A melhor coisa em Travis e Abby é a imperfeição desse amor, que mesmo diante do desastre, passa por cima de tudo e sobrevive. Nenhum dos dois personagens é perfeito. Mas o amor que possuem é. E eu me identifico com isso. Entendo. Torço. E me emociono. Muito.




    Belo Casamento é como uma "cena cortada" de Belo Desastre. E se você já soube da existência desse livro, já pegou o spoiler. Afinal, se a história é com ambos e o nome é Belo Casamento... O que será que acontece? Sim, isso mesmo, eles se casam. Se você ainda não leu Belo Desastre ou Desastre Iminente, relaxe, talvez essa informação até acalme seu coração durante a leitura. Porque no meu primeiro contato com essa história, não consegui largá-la, por toda a aflição e todo o amor, e sofri um bocado. Acontece que nesses dois livros que contam a mesma história por pontos de vista diferentes, não ficamos sabendo como foi o casamento e outras coisas... E a ideia de Belo Casamento, mais curto, é contar tudo isso. Mas não desenvolve muito mais. E por isso o considero como um presente para os fãs. E posso jurar que como presenteada, fiquei louca - de novo!




   Uma das coisas mais legais é que a narração é feita pelos dois. E nós ficamos com a versão completa, de como ambos se sentem num dos dias mais importantes de suas vidas. Descobrimos o porquê do pedido. E... ao contrário do que ouvi em algumas opiniões por aí, não me incomodei com os motivos. Acho que combina com eles: é fora do convencional, do conto do príncipe encantado. E depois temos algo que compensa esse momento. Um momento melhor. Mas o primeiro, ao qual me refiro, é perfeito. O modo como aconteceu... Combina perfeitamente com um Belo Desastre. Foi especial, emocionante, íntimo. E eu adorei cada linha de que pude desfrutar. Cada artimanha da Abby e cada palavrão do Travis. Cada toque que os faz humanos, como nós.

     Um enredo que é um verdadeiro presente para os apaixonados pelo casal. Que fala sobre os sentimentos que guardamos dentro de nós e nos fazem agir das mais variadas e impulsivas formas. Do que as pessoas veem como erros, mas que são os maiores acertos da nossa vida. E sobre sambadas na cara históricas em cima dos que diriam que esse amor nunca poderia dar certo. Personagens defeituosos, marcados pelas tragédias da vida, e marcados novamente pelo amor. Pessoas que finalmente, apenas, acharam seu lugar. Sua felicidade. E este pequeno fato, após enfrentar o verdadeiro desastre de lidar com si mesmos, muda tudo. Principalmente a vida de quem lê e se apaixona por esta história, como eu. Pois se ela entra em seu coração, você passa a encarar as coisas de uma nova perspectiva. A perdoar e a admirar erros que a maioria julga inadequados, porque você reconhece a força do amor.

5 Estrelas

Favorito ♥

"Nem tudo seria cor de rosa, mas lutar em momentos difíceis era o que fazíamos de melhor, e tivemos momentos difíceis o bastante para saber que podíamos passar por eles. - Travis.

7 comentários:

  1. Eu só li Belo Desastre, sinto vontade de ler Desastre Iminente, até porquê a visão masculina da história é sempre mais interessante. Eu não gostei tanto dessa história quanto pelo menos 90% das pessoas que leram. Achei alguns diálogos bobos, alguns acontecimentos fora da realidade. É uma narrativa fluída, isso não tenho como negar. É um livro gostoso de se ler apesar dos pesares, mas achei superestimado. É claro que essa é a minha opinião. ><

    ResponderExcluir
  2. Não consegui gostar desses livros, pelas resenhas e comentários que li, os personagens tem características irritantes e clichês de livros desse gênero.
    Você fala que Belo desastre e todos os livros posteriores, tem um diferencial e, a imperfeição é o que te encanta, pois torna tudo mais "real". Bom, poderia funcionar para mim também, caso, é claro, a personalidade deles fossem divergente, mas não são. A mocinha é insegura e relutante (mas aceita tudo), já o mocinho é possessivo e compreensivo (beirando a chatice).
    O fato de ter essa alternância na narração torna o livro um pouco mais atraente, mas, como não me deixei levar pelos outros, não fará sentido eu ler esse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não achei a Abby insegura e relutante... Ela teve problemas no passado que justificam os receios em relação a se envolver com o Travis. Mas no geral, no decorrer da leitura, vemos que ela é alguém que sabe se impor, usar o corpo quando quer e ir atrás depois de tomar a decisão.
      O que me deixa com raiva neles é a falta de atitude na hora em que eles brigam - Belo Desastre -, eles poderiam ficar bem, mas fica um mimimi danado e um só fica pensando. Pensando, pensando sem agir não dá, né? Vamos correr atrás, minha gente! sauhsuahsuahsa..
      Mas te entendo.. ;)
      Beijos!!

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?
    Eu já li Belo desastre, Desastre Iminente e Belo casamento, adorei todos os livros, sou mega apaixonada pelo Travis, nossa ele é demais e você tem razão o amor deles é perfeito, pois eles sua imperfeitos. Achei Belo casamento muito curto, mas maravilhoso, só que fiquei com a impressão de que poderia ter sido melhor, amei a resenha.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  4. Confesso que tenho dor de cotovelo e sou fã do Maddox, porém, Abby tirou a sorte grande e passou na minha frente. Jamie tem o dom de fazer os leitores simplesmente se apaixonarem por seus personagens. Acho tudo isso muito mágico. :D A expectativa desse livro foi grande, no final, não me decepcionou. Porém, me fez dormir mais cedo. Já que o livro é curtinho... os outros, eu varei a noite lendo...hahaha


    Beijo

    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  5. Ahhhhh meu coração, eu quero tanto ler o livro Belo Casamento, Belo Desastre também é um livro importante para mim, acho que foi um dos livros atuais que eu me conectei, Belo Desastre e Agora ou nunca.
    Ver o casamento deles deve ser tão emocionante, eu sei que esse livro já foi lançado faz um tempinho e eu deveria ter lido ele quando lançou, mas não deu infelizmente.
    Obrigada pela resenha e pela vontade e a ansiedade de ler o livro *...*
    Beijos
    Ceci
    https://maniacaporlivros.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Oii
    Eu amo Belo Desastre, apesar de algumas coisas da trama me incomodarem. Já li os três, e Belo Casamento não foi tudo isso pra mim, mas foi satisfatório, para encerrar a história dos dois DEFINITIVAMENTE, sua resenha foi a mais positiva que já li sobre ele, e lendo-a, entendo de outra forma o livro, o que foi bom. Mas a verdade é que é lindo, uma história de amor forte, carregada de emoção e de conflitos, comum à vida.
    Beijos

    ResponderExcluir

Comentem à vontade, reflitam bastante, se divirtam e suspirem. Por favor, respeitem as seguintes regras:

-Os comentários devem se referir ao post em questão.

-Comentários que só contém divulgação de blogs estão proibidos. Se quiserem, comentem e deixem o link do blog no final. Sempre respeitando, o espaço alheio.

Muito obrigada e voltem sempre.

.
© Reflexão Literária - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vivian Pitança.
Tecnologia do Blogger.